Brasil fica entre piores em ranking de ensino da OCDE...

Exame avalia conhecimentos de leitura, matemática e ciências.Piores resultados são de alunos de escolas públicas estaduais e municipais.

Apesar de registrar melhora na educação, o Brasil segue entre os piores colocados em ranking internacional de ensino, divulgado nesta terça-feira (7). O país ficou com a 53ª colocação entre 65 países no Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), elaborado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Com a média geral de 401 pontos, o Brasil ficou atrás de países como Bulgária, Romênia e os latino-americanos México, Chile e Uruguai. Fica à frente apenas da Colômbia, Kazaquistão, Argentina, Tunísia, Azerbaijão, Indonésia, Albânia, Catar, Panamá, Peru e Quirguistão.

O país ficou bem abaixo da média da OCDE, de 496 pontos. Os cinco melhores colocados são China (Xangai), com 577 pontos, Hong Kong, com 546, Finlândia e Cingapura, com 543, e Coréia do Sul, com 541.

NO RIO GRANDE DO NORTE...

O Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa) realizado em 2009 indica que a educação no Rio Grande do Norte é uma das piores do Brasil. Os resultados foram divulgados nesta terça-feira (7), e o índice de desempenho do estado foi de 371 pontos – acima apenas do Maranhão (355) e de Alagoas (354).

OS MELHORES...

O melhor resultado foi obtido pelos alunos do Distrito Federal, com média de 439 – 38 pontos acima da nacional. Em seguida, aparecem Santa Catarina (428), Rio Grande do Sul (424), Minas Gerais (422) e Paraná (417).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...