Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 14, 2010

Crônica: O ENIGMÁTICO "JOGO" POLÍTICO...

Imagem
Com a “quase” certeza que a chapa de oposição ao governo estadual será formada pela senadora do DEM, Rosalba Ciarlini e o Presidente da Assembléia Legislativa, Robinson Faria (PMN), políticos e eleitores da região agreste vivem momentos de expectativas e êxtase.

Nas conversas de rodas de amigos, as famosas calçadas democráticas, praças e tudo mais, o que ouvimos dos eleitores é uma inicial rejeição a está união, motivados pelas posições que os dois protagonistas ocupam no âmbito político nas cidades da Região Agreste. Quem recebe apoio de Rosalba é adversário político de Robinson e vice-versa, e os eleitores que já reprovaram essa prática nas eleições de 2008 em vários municípios, não aceitam mais de bom grado esses “acordos” para se manter no poder.

Mas quanto aos políticos, como fica Nova Cruz?

Vamos começar pela situação, Flavio Azevedo (PMDB) declara em todos os cantos em alto e bom tom que sua candidata é Rosalba Ciarlini (DEM) o mesmo DEM que disputou as últimas eleições municipais…

Garibaldi Filho vai depor hoje....

Imagem
O senador Garibaldi Filho (PMDB) prestará depoimento hoje (14) ao desembargador Caio Alencar, relator do processo que investiga o “Escândalo dos Gafanhotos”, em tramitação no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.
O caso se refere ao suposto esquema de desvio de recursos públicos durante o governo Fernando Freire (PMDB) em 2002.
Além do ex-governador, o deputado estadual Luiz Almir (PV) está relacionado como réu no escândalo. A convocação de Garibaldi se deve à citação do seu nome nos autos pelo parlamentar do PV durante o processo investigatório.

Haiti: Sofrimento e dor...

Imagem
Haitianos passam 2ª noite nas ruas entre corpos e escombros

Dezenas de milhares de haitianos estão passando a segunda noite seguida nas ruas, após o forte terremoto da tarde de terça-feira que devastou a capital do país, Porto Príncipe, e que pode ter matado dezenas de milhares de pessoas.
Muitos moradores da capital, desabrigados ou com medo de novos tremores, se agrupavam em lugares abertos para passar a noite, muitos deles próximos a escombros e corpos.
A busca por sobreviventes sob os escombros entrou madrugada adentro, auxiliada pela chegada de ajuda material e de equipes de resgate enviadas por vários países.
Testemunhas afirmam que muitos tentavam escavar os escombros com as mãos ou com ferramentas simples para tentar encontrar vítimas que possam estar soterradas.
O sismo deixou um cenário de devastação em Porto Príncipe, destruindo o palácio presidencial, a sede da ONU no país e outros prédios importantes.
A Cruz Vermelha Internacional estima que até 3 milhões de pessoas tenham sido…