Cid rompe geral...

"A Rainha tudo, menos a honra"


Em virtudes das nomeações dos cargos comissionados em Nova Cruz, o ex-prefeito Cid Arruda rompe com o governo e anuncia o fim do programa Nação Nova Cruz.

Em tom de revolta o ex-prefeito Cid Arruda fez um retrospecto do que o levou a apoiar a candidatura da atual  governadora Rosalba Ciarlini.

Sempre acreditando que Robinson Faria seria o "governador do agreste" Cid se empenhou na campanha e foi o único responsável pela vitória de Rosalba em Nova Cruz.

Mas como é a máxima da política "manda quem tem mandato"  Rosalba esqueceu de todos os benefícios que o apoio de Cid trouxe a sua campanha e prestigiou  o atual prefeito Flávio Azevedo pela distribuição dos cargos, inclusive o da 3ª DIRED.

Não aceitando tal situação, no programa Nação Nova Cruz deste sábado (5) Cid desabafou:

"Não posso mais fazer parte desse governo e esse é o último programa Nação Nova Cruz"


"Se o povo quiser serei candidato a prefeito com um, dois, três ou quatro candidatos"


"Colocou a mulher dele (para diretoria da 3ª DIRED)  para mostrar que é forte com Rosalba, então fique com Rosalba e se dê muito bem"

"Peço desculpas a quem votou em Rosalba"


"A Rainha tudo, menos a honra" 


"Não estou saindo, eu fui expulso do governo"


Concluiu Cid.

Opinião:


Os novacruzenses acreditaram na união de Rosalba e Robinson e só por esse  motivo a coligação teve maioria em Nova Cruz, embora em termos quantitativos tenha ocorrido uma derrota vergonhosa, uma vez que em 2008, Flávio Azevedo teve sozinho 11.950 votos. Em 2010 com todo apoio de Flávio e  Cid Arruda, Rosalba Ciarlini contabilizou apenas 9.832 votos. Caso Cid Arruda tivesse optado em apoiar a candidatura de Iberê Ferreira, o atual prefeito teria sofrido uma derrota vexatória.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...