Rompimentos pela frente...

Cid Arruda foi o primeiro de uma série de rompimentos que podem acontecer  com o governo Rosalba / Robinson.

Depois das declarações do ex-prefeito de Nova Cruz, Cid Arruda Câmara, no programa Nação Nova Cruz do último sábado (04) sobre os motivos pelos quais estaria rompendo com o governo RR (Rosalva / Robinson)   desencadeou  uma série de matérias nos meios de comunicação a respeito de outras insatisfações espalhadas por todo o RN por compromissos de campanha não cumpridos e/ou prioridades para alguns líderes políticos em detrimento de outros.

Pelo menos duas matérias chamam atenção,  da Folha Potiguar e do Blog do Carlos Santos.

Vejam como eles trataram o assunto:

FOLHA POTIGUAR:

A Decisão do ex-prefeito de Nova Cruz Cid Arruda Câmara, em deixar de ser governo, rompendo politicamente com a governadora Rosalba Ciarlini e com Robinson Faria, vai desencadear uma avalanche de rompimentos em todo o Estado, pois a maioria dos municípios aonde Rosalba teve o apoio do prefeito local e de seu principal adversário, a Rosa não está cumprindo com os compromissos de campanha. Mesmo passados só 37 dias de governo, o desempenho e a alegação de “HERANÇA MALDITA” da governadora não tem convencido nem mesmo a imprensa e aos aliados.

O próximo a desistir de ser governo e romper com a ROSA e com ROBINSON, será um ex prefeito, de uma importante cidade do agreste, vizinha a Nova Cruz.

É AGUARDAR!!!
 
 
BLOG DO CARLOS SANTOS:
 
A saída do ex-prefeito de Nova Cruz Cid Arruda (PMN), do elenco de apoiadores do Governo Rosalba Ciarlini (DEM), é um mau presságio para o governismo. Nada de novo na primeira crise política visível da gestão Rosalba.
 
Em Nova Cruz,  Cid ficou amuado porque viu o prefeito Flávio Azevedo (PMDB), que também apoiou Rosalba, sair na frente em termos de vantagens de "espaços" no governo.

O mesmo deverá ocorrer em vários municípios.

Em Pau dos Ferros  os deputados estaduais Getúlio Rêgo (DEM) e Raimundo Fernandes (PMN) vivem queda-de-braço igual. Faz tempo que começaram a arenga por cargos.

Há poucos dias, o prefeito Leonardo Rêgo (DEM) - filho de Getúlio - e o prefeito de São Miguel, Galeno Torquato (PSB), apoiado por Raimundo, não chegaram a acordo.

A vitória sempre tem muitos pais. E a derrota?

Dizia o presidente norte-americano John Fitzgerald Kennedy, que "a derrota é órfão". Em verdade, ele simplificava o que Napoleão já dissera bem antes, no século XIX:

- A vitória tem mais de uma centena de pais; a derrota, por outro lado, essa é órfã.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Nova Cruz não tem como dar incentivo fiscal a empresa, diz Prefeito Targino Pereira, em matéria da InterTV...