Pular para o conteúdo principal

Rompimentos pela frente...

Cid Arruda foi o primeiro de uma série de rompimentos que podem acontecer  com o governo Rosalba / Robinson.

Depois das declarações do ex-prefeito de Nova Cruz, Cid Arruda Câmara, no programa Nação Nova Cruz do último sábado (04) sobre os motivos pelos quais estaria rompendo com o governo RR (Rosalva / Robinson)   desencadeou  uma série de matérias nos meios de comunicação a respeito de outras insatisfações espalhadas por todo o RN por compromissos de campanha não cumpridos e/ou prioridades para alguns líderes políticos em detrimento de outros.

Pelo menos duas matérias chamam atenção,  da Folha Potiguar e do Blog do Carlos Santos.

Vejam como eles trataram o assunto:

FOLHA POTIGUAR:

A Decisão do ex-prefeito de Nova Cruz Cid Arruda Câmara, em deixar de ser governo, rompendo politicamente com a governadora Rosalba Ciarlini e com Robinson Faria, vai desencadear uma avalanche de rompimentos em todo o Estado, pois a maioria dos municípios aonde Rosalba teve o apoio do prefeito local e de seu principal adversário, a Rosa não está cumprindo com os compromissos de campanha. Mesmo passados só 37 dias de governo, o desempenho e a alegação de “HERANÇA MALDITA” da governadora não tem convencido nem mesmo a imprensa e aos aliados.

O próximo a desistir de ser governo e romper com a ROSA e com ROBINSON, será um ex prefeito, de uma importante cidade do agreste, vizinha a Nova Cruz.

É AGUARDAR!!!
 
 
BLOG DO CARLOS SANTOS:
 
A saída do ex-prefeito de Nova Cruz Cid Arruda (PMN), do elenco de apoiadores do Governo Rosalba Ciarlini (DEM), é um mau presságio para o governismo. Nada de novo na primeira crise política visível da gestão Rosalba.
 
Em Nova Cruz,  Cid ficou amuado porque viu o prefeito Flávio Azevedo (PMDB), que também apoiou Rosalba, sair na frente em termos de vantagens de "espaços" no governo.

O mesmo deverá ocorrer em vários municípios.

Em Pau dos Ferros  os deputados estaduais Getúlio Rêgo (DEM) e Raimundo Fernandes (PMN) vivem queda-de-braço igual. Faz tempo que começaram a arenga por cargos.

Há poucos dias, o prefeito Leonardo Rêgo (DEM) - filho de Getúlio - e o prefeito de São Miguel, Galeno Torquato (PSB), apoiado por Raimundo, não chegaram a acordo.

A vitória sempre tem muitos pais. E a derrota?

Dizia o presidente norte-americano John Fitzgerald Kennedy, que "a derrota é órfão". Em verdade, ele simplificava o que Napoleão já dissera bem antes, no século XIX:

- A vitória tem mais de uma centena de pais; a derrota, por outro lado, essa é órfã.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Já está disponível a inscrição para professor temporário para o estado do Rio Grande do Norte. 


O candidato que desejar concorrer a uma vaga deve preencher a ficha, fazer o pagamento da inscrição, efetuar o pagamento da taxa de inscrição e  entregar todos os documentos na respectiva DIRED do município para qual optou na Ficha de Inscrição, até às 13 horas, do dia 10 de maio de 2017.

Para ter acesso a inscrição CLICK AQUI.

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...

Tudo dentro do Script.
Sabe aquele filme de terror que tem muita trama, mentiras, traições, mas todo mundo sabe como acaba. Foi assim com a votação do Projeto de Lei 006/2017 enviado pelo prefeito de Nova Cruz, Targino Pereira e aprovado pela maioria absoluta da Câmara Municipal de Nova Cruz.
A Sessão Ordinária desta sexta-feira (30), mas que teve sabor de 13, marcou o fim dos trabalhos do primeiro semestre do Edis, mas manchou de forma imensurável a educação do município de Nova Cruz de forma negativa.
Um resultado previsível que ficou evidente que aconteceria logo após a realização da audiência pública pela clara posição dos vereadores naquele momento.
Não adiantou mostrar as perdas para a categoria e para os alunos, o plágio evidente do anexo IV de um projeto baiano; o não exito na cidade de Monte Alegre - RN quando foi lá implementado; a falta no documento de 10 anexos, dentre muitos outros melíficos que estavam nas entrelinhas.
Valeu de fato a submissão da bancada governista ao Poder …

Política: O que muda para Nova Cruz com o governo Targino Pereira...