O Tsunami da Adm. Pública...

Os grandes furacões que atingem sua última categoria estão recebendo nomes desde 1954, e o primeiro nome foi dado para um furacão que também atingiu os Estados Unidos que sofre com essas tempestades fortes demais, Hazel era o nome desse furacão. Depois, vieram outros que foram “batizados” de Connie; Diane; Audrey, e um dos mais famosos, o Katrina.

Atualmente o mundo acompanha a catástrofe no Japão, atingido simultaneamente por um intenso Terremoto, seguido de um destruidor Tsunami.

O Brasil, felizmente, está fora do círculo de fogo e, portanto fora da rota de furações e livre de Tsunamis causado pela natureza.

Mas infelizmente não está livre das péssimas administrações que causam estragos, guardadas as devidas proporções, tão avassaladoras quanto as catástrofes naturais.

Nova Cruz é um bom exemplo disso. Basta percorrer as ruas da cidade para ter impressão que as ondas gigantes também atingiram a ex-rainha do agreste. Ruas esburacadas, asfaltos e calçamentos inteiramente deformados, lixo por todos os lugares, etc, etc, etc.
















Se a idéia de colocar nomes das catástrofes associadas com a administração pública estivesse  em prática,  com certeza poderíamos dizer: POR NOVA CRUZ ESTÁ PASSANDO O TSUNAMI FLÁVIO AZEVEDO.

Comentários

  1. nossa eu pensei que era só santo antonio que tinha esses problemas

    ResponderExcluir
  2. isso por que não foram no planalto um dos bairro mais carente de nova cruz lá não pondemos andar de por causa dos buracos nem avião por causa dos urubus no lixos.....

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Nova Cruz não tem como dar incentivo fiscal a empresa, diz Prefeito Targino Pereira, em matéria da InterTV...