Governo Dilma:Seis meses, duas renúncias...

Nisso o governo Dilma aprendeu bem com o seu antecessor Luiz Lula da Silva, comandar um governo onde as denúncias de corrupção viraram uma rotina.

Bastaram seis meses para dois ministros pedirem para sair por ter seus nomes envolvidos em denúncias de corrupção.

O primeiro a cair foi Antonio Palocci, que chefiava a Casa Civil, e deixou o governo em meio a suspeitas de enriquecimento ilícito.

No rescaldo da queda de Palocci, Dilma teve que fazer ajustes na articulação política e remanejou o ministro Luiz Sérgio, da Secretaria de Relações Institucionais para a pasta da Pesca. Em troca, a ministra Ideli Salvatti, que ocupava a pasta da Pesca, assumiu a de Relações Institucionais.

Ontem, (06) foi a vez do ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento (PR), que deixou o cargo após uma série de denúncias na imprensa sobre supostas irregularidades na pasta. As inúmeras medidas para investigar os casos, anunciadas desde a última segunda-feira (4), não foram suficientes para manter Nascimento no poder. O anúncio foi feito pelo ministério em nota oficial.

No último fim de semana, a revista "Veja" publicou uma reportagem sobre um suposto esquema de superfaturamento e de cobrança de propinas em obras do ministério. Depois das denúncias, quatro servidores da pasta foram afastados: o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Luís Antônio Pagot, o chefe de gabinete do ministro, Mauro Barbosa da Silva, o assessor do gabinete, Luís Tito Bonvini, e o diretor-presidente da Valec, José Francisco das Neves.

Agora, o jornal "O Globo" divulgou que a empresa do filho de Nascimento está sob investigação de enriquecimento ilícito após registrar um aumento patrimonial de 86.500% e de manter contato com empresas que têm negócios com o ministério. Também foi divulgado que o engenheiro civil Mauro Barbosa da Silva, até a semana passada chefe de gabinete do ministro Alfredo Nascimento, está construindo uma mansão em Brasília com três pavimentos e 1.300 metros quadrados.

Foi a gota d'agua e o governo do PT de duradouros 16 anos, já cumpriu 8 e meio tendo que conviver com denúncias de mensalões, superfaturamentos, quedra de sigilo, enriquecimento ílicito, CPIs, etc...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...