Justiça acata pedido de ilegalidade da greve dos professores....

O Pleno do Tribunal de Justiça do Estado (TJRN) acatou, na manhã desta quarta-feira (13), o pedido de ilegalidade da greve dos professores estaduais, impetrado pela Procuradoria-Geral do Estado com o intuito de acabar com a paralisação da categoria, que já dura mais de dois meses. A informação foi divulgada no twitter oficial do Governo (www.twitter.com/GovernodoRN)

Ainda segundo as postagens, a Justiça determinou o retorno imediato dos profissionais e a reposição das aulas perdidas. Caso a decisão não seja obedecida, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte/RN) será punido com multa diária no valor de R4 10 mil.  De acordo com procurador geral Miguel Josino, o Executivo não pretende descontar os dias parados.

Após a informação da decisão do TJRN, representantes da classe disseram que uma assembleia será realizada nesta quinta-feira (14), onde os profissionais deverão se pronunciar sobre a determinação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...