Representantes do Governo de dos Professores reunidos no TJ...

Representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte) e da Procuradoria Geral do Estado (PGE) estão reunidos, desde as 9h50 desta quinta-feira (7), na sala da 1o Câmara Cível, no Tribunal de Justiça do Estado, em uma audiência de conciliação marcada pelo desembargador Virgílio Fernandes. O magistrado é responsável por analisar a ação impetrada pelo governo na última sexta-feira e que pede a decretação de ilegalidade da greve dos professores, iniciada há dois meses.

Participam da audiência o procurador Geral do Estado, Miguel Josino, diretores do Sinte e a promotora de Justiça Carla Amico. Os grevistas exigem o cumprimento da legislação referente ao Piso Nacional e do Plano de Carreira, com um reajuste médio de 34% nos salários dos professores, de forma imediata, além da elaboração de uma agenda que preveja o pagamento dos valores retroativos a abril.

O governo do estado garantiu o pagamento do piso salarial mas por enquanto apenas para os professores que ganhavam menos de R$ 890, e acena com a possibilidade de atendimento das demais reivindicações, mas somente a partir de setembro, com a implantação dos reajustes seguindo até dezembro.

A audiência no TJ ocorre a portas fechadas e a imprensa não teve acesso à discussão.

Fonte: Tribuna do Norte

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...