Sentença do TJ não acaba com a greve de professores ...



A decisão do Tribunal de Justiça de considerar a greve dos profissionais da rede pública de ensino do Rio Grande do Norte ilegal não foi suficiente para levar os educadores de volta às salas de aulas. Em assembleia realizada pelo Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sinte - RN) e encerrada há poucos instantes, a categoria decidiu que recorrerá da decisão do TJ de pagar multa de 10 mil reais a cada dia sem trabalho e continuará em greve.

A paralisação dos profissionais de educação do Rio Grande do Norte caminha para ser a mais longa da história do Rio Grande do Norte. Hoje, a paralisação completa 74 dias. A paralisação tende superar a  maior greve registrada, no estado potiguar, ocorreu no governo Geraldo Melo, nos anos 80, e durou 79 dias.

Agora cabe as regionais do SINTE não deixar o movimento ir por água abaixo.

E por falar em regional, VAMOS DIRETORES DO SINTE DE NOVA CRUZ, vocês são os representantes legais do professores, não devem sumir numa hora dessas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...