Rosalba: O governo do recordes...

O governo Rosalba em seus primeiros oito meses de governo já deixou para trás vários recordes negativos de outros governos.

Por exemplo:

* Maior número de categorias em greve;
* 59,2% de rejeição; (Pesquisa Consult, entre os dias 20 e 22 de junho);
*Movimento nas redes sociais - "Fora Rosalba";
*Saídas de  secretários;
*Não apresentou calendário de pagamento dos funcionários;
*Manifestações na ruas com gritos de "Fora Rosalba";
*Maior greve que o estado já sofreu na educação.

E agora mais um:

A greve dos professores da Uern completa nesta quinta-feira(8) exatamente 100 dias.

É a maior greve no setor educacional do Estado e uma das mais extensas na educação do País.

Os professores decretaram greve no dia 31 de maio. Eles reivindicam 23,98% de aumento salarial, descontingenciamento dos recursos orçamentários da Uern, autonomia financeira para a instituição e ampliação dos recursos da Universidade.

Ao longo da greve, várias rodadas de negociação aconteceram entre a Aduern e o Governo do Estado, mas até o momento as partes não chegaram a um consenso.

Para acabar o movimento, como fez com os professores da rede  pública, o governo recorreu a justiça.

Agora, tanto o Governo quanto os professores da Uern aguardam a decisão do TJ  em relação ao pedido de ilegalidade a greve.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...