De seis para dois...

A bancada do recém-criado Partido Social Democrático - prevista para ser a maior da Assembleia Legislativa com seis deputados - ficará enfraquecida com as desistências de adesões à legenda. Apenas dois deputados estaduais, José Dias e Gesane Marinho, confirmaram que mantém a adesão ao partido que é presidido no Estado pelo vice-governador Robinson Faria.

Já os parlamentares Gustavo Carvalho, Vivaldo Costa, Ricardo Motta e Raimundo Fernandes desistiram da legenda de Robinson Faria. Os quatro permanecerão nas siglas aos quais estão filiados. Ou seja, Ricardo Motta e Raimundo Fernandes continuam no PMN; Gustavo Carvalho se mantém no PSB; e Vivaldo Costa, no PR.

Fonte: Tibuna do Norte

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...