Enem sob investigação...

Colégio Christus confirma ter questões do Enem em banco próprio.

O colégio e cursinho pré-vestibular Christus, do Ceará, que aplicou questões do Exame Nacional do Ensino Médio realizado no fim de semana em simulado anterior à prova, informou em nota que mantém vasto banco de questões no estilo da Enem, que são feitas a partir da colaboração de professores e das sugestões de alunos ou ex-alunos.

No texto, explica que as perguntas do Enem, por serem da metodologia Teoria de Resposta ao Item (TRI), são pré-testadas, e por isso “existe a possibilidade de que essas questões caiam no domínio público antes da realização oficial do exame”. A direção do colégio nega que tenha tido contato prévio com o exame em si, mas diz que o banco de questões do Christus pode ser integrado também por questões provenientes de sugestões dos alunos que realizaram o pré-teste, sem o conhecimento da escola no que diz respeito à origem desses dados.

A denúncia de que alunos do colégio de Fortaleza haviam tido contato com questões do Enem antes da prova foi realizada por estudantes e se espalhou pelas redes sociais.

O Ministério Público do Ceará irá encaminhar uma recomendação ao Ministério da Educação (MEC) de anulação do Enem 2011. O Ministério da Educação diz que não há registro de vazamento da prova e pediu que a Polícia Federal investigue o caso. O governo estuda ainda excluir os 639 alunos do colégio Christus do exame e oferecer a eles a possibilidade de refazerem o Enem nos dias 28 e 29 de novembro, quando será aplicado nos presídios. Se a escola tiver mesmo responsabilidade na antecipação das questões, o MEC diz que o diretor poderá ser responsabilizado civil e criminalmente.

Fonte: IG

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...