Justiça anula 13 questões do ENEM...

Ministro da Educação disse que governo vai recorrer da decisão.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, afirmou em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) vai recorrer da decisão da Justiça Federal do Ceará de anular 13 questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O juiz Luiz Praxedes Vieira da Silva invalidou na noite desta segunda-feira, pouco antes do programa começar, os itens da prova realizada nos dias 22 e 23 de outubro que foram antecipados em simulado por colégio de Fortaleza.

Ainda abatido pela recente decisão, Haddad recordou a batalha jurídica envolvendo o Enem no ano passado e disse que já considera essa decisão, em primeira instância, como sóbria. Ao contrário do que aconteceu em 2010, quando a Justiça chegou a suspender todo o exame, essa hipótese está afastada este ano. “Seria um desastre cancelar todo o Enem”, disse.

Para o ministro, no entanto, a resolução pode ser aperfeiçoada. O governo entende que o acesso por alunos do Colégio Christus a questões que caíram no exame é uma situação isolada, que deve ser tratada cirurgicamente, onde ocorreu o problema. “A decisão de cancelar as questões afeta 99,99% dos candidatos que não têm nada a ver com o problema de Fortaleza”, afirmou.

Fonte: IG

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...