Pular para o conteúdo principal

FNDE determina normas para construção de quadras...

O assunto da semana nos sites de Nova Cruz foi a construção de uma quadra com financiamentos do FNDE.

No site do FNDE há um documento contendo as exigências para que os recursos sejam liberados e as obras realizadas.

Vamos a um resumo:

1) O município pode apresentar projeto para construção sem ter documentação que comprove a titularidade do terreno?

R: Para áreas públicas sem registro, com o PAC as obras poderão ser iniciadas caso o chefe do executivo tenha assumido o compromisso assinado na “Declaração de Dominialidade” apresentada no preenchimento dos dados na aba “Documentos Anexos”, no SIMEC – Módulo PAR 2010.

2) Quais são os pré-requisitos para solicitação do Proinfância?

R: O município deverá ter:

 disponibilidade de terreno em localização, condições de acesso e características geotécnicas e topográficas adequadas para a implantação das unidades;

 compromisso com a gestão, funcionamento e manutenção das unidades.

3) Quais são as condições necessárias para solicitar o projeto padronizado Tipo C do Proinfância?

R: As condições são:

 dimensões mínimas do terreno: 45X35 metros, para uma área construída de 564m2;

 declividade máxima de 3% ou compromisso da prefeitura em realizar terraplanagem;

 atendimento estimado de 120 crianças;

 custo máximo de referência: R$620.000,00 (seiscentos e vinte mil reais).

4) Quais são as condições necessárias para solicitar o projeto padronizado Tipo B do Proinfância?

R: As condições são:

 dimensões mínimas do terreno: 40X70 metros, para uma área construída de 1.212 metros quadrados.

 declividade máxima de 3% ou compromisso da prefeitura em realizar terraplanagem;

 atendimento estimado de 216 crianças;

 custo máximo de referência: R$1,33 milhão.

5) O Proinfância incluirá mobiliário e equipamentos?

R: Sim.


6) Onde procurar mais informações sobre o Proinfância?

R: Todas as informações sobre o Proinfância estão detalhadas e disponíveis no portal do FNDE, no seguinte endereço: http://www.fnde.gov.br/index.php/proinf-funcionamento.

7) Quais os procedimentos a serem seguidos para apresentação de projetos no âmbito do Programa Proinfância?

R: Todos os projetos serão enviados por meio do SIMEC, no módulo PAR 2010.

Serão consideradas apenas as propostas enviadas nos termos e prazos estabelecidos.

Somente após o resultado da seleção é que o município deverá encaminhar os documentos em meio físico, devidamente assinados, caso sejam solicitados pelo FNDE.

8) Quais são as condições necessárias para solicitar a construção de quadra?

R: As condições são:

área livre de, no mínimo, 26X40 metros no terreno da escola ou em um raio máximo de 500m;

 declividade máxima de 3% ou compromisso da prefeitura em realizar a terraplanagem;

 custo máximo de referência: R$490.000,00 (quatrocentos e noventa mil).

Se a obra que será realizada pela prefeitura estiver atendendo essas exigências, não há o que ser questionado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Já está disponível a inscrição para professor temporário para o estado do Rio Grande do Norte. 


O candidato que desejar concorrer a uma vaga deve preencher a ficha, fazer o pagamento da inscrição, efetuar o pagamento da taxa de inscrição e  entregar todos os documentos na respectiva DIRED do município para qual optou na Ficha de Inscrição, até às 13 horas, do dia 10 de maio de 2017.

Para ter acesso a inscrição CLICK AQUI.

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...

Tudo dentro do Script.
Sabe aquele filme de terror que tem muita trama, mentiras, traições, mas todo mundo sabe como acaba. Foi assim com a votação do Projeto de Lei 006/2017 enviado pelo prefeito de Nova Cruz, Targino Pereira e aprovado pela maioria absoluta da Câmara Municipal de Nova Cruz.
A Sessão Ordinária desta sexta-feira (30), mas que teve sabor de 13, marcou o fim dos trabalhos do primeiro semestre do Edis, mas manchou de forma imensurável a educação do município de Nova Cruz de forma negativa.
Um resultado previsível que ficou evidente que aconteceria logo após a realização da audiência pública pela clara posição dos vereadores naquele momento.
Não adiantou mostrar as perdas para a categoria e para os alunos, o plágio evidente do anexo IV de um projeto baiano; o não exito na cidade de Monte Alegre - RN quando foi lá implementado; a falta no documento de 10 anexos, dentre muitos outros melíficos que estavam nas entrelinhas.
Valeu de fato a submissão da bancada governista ao Poder …

Política: O que muda para Nova Cruz com o governo Targino Pereira...