Maioria no STF vota a favor de aborto de anencéfalo...

O STF (Supremo Tribunal Federa) deve decidir nesta quinta-feira (12) que a interrupção de gravidez, no caso de gestação de fetos anencéfalos (com má-formação do cérebro), não pode ser considerada crime. Com o voto dos ministros Carlos Ayres Britto e Gilmar Mendes, o placar da apreciação está em 7 votos a 1 a favor da liberdade de escolha da mulher. Como falta o voto de apenas dois ministros, e já há uma maioria, a decisão não deve ser revertida — a menos que algum dos ministros que já se pronunciaram mude o voto.

O ministro Ayres Britto foi o primeiro a votar depois da retomada do julgamento, que foi interrompido nesta quarta (11) quando o placar ainda estava em 5 votos a 1. Ele defendeu a descriminalização do aborto em casos de anencefalia e se justificou dizendo que, se os homens engravidassem, este assunto já teria sido superado

— Se os homens engravidassem, a interrupção da gravidez de anencéfalo estaria autorizada desde sempre.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...