Pular para o conteúdo principal

Robinson Faria ficará em cima do muro?


Dentre muitas outras problemáticas para as eleições municipais 2012 em Nova Cruz, uma que vai fazer ferver a cabeça de muita gente será o caminho que seguirá o PSD.

Atualmente, seu líder e presidente Robinson Faria, apóia a candidatura de Cid Arruda para prefeito, enquanto no âmbito municipal os filiados ao partido, liderados pelas famílias Cunha Lima e Melo dão sustentação ao governo do prefeito Flávio Azevedo, inclusive com participação direta na gestão com comando de secretarias e diversos cargos comissionados.

Pelo discurso pregado aos quatro cantos da cidade e também em programas de rádios, a aposta dos líderes do PSD em Nova Cruz é que Robinson Faria não irá interferir na decisão do partido quanto a coligação partidária, automaticamente liberando seus filiados para tomarem o rumo que quiserem.

Daí vem à problemática!

Rompido com o governo do estado, Robinson Faria é potencial candidato em 2014 a governador do estado ou senador da República. Uma atitude omissa dele agora não causaria um prejuízo imensurável em sua corrida a um cargo eletivo no futuro?

O ex-prefeito Cid Arruda já demonstrou personalidade forte para tomar decisões estritamente desconfortáveis, inclusive para ele próprio, quando por exemplo, optou por deixar o governo Rosalba (como veio a fazer posteriormente Robinson Faria) mesmo sabendo como seria complicado no âmbito político aquela decisão, causando desconforto em vários correligionários como também com o vice-governador e seu amigo pessoal Robinson Faria.

Nesse contexto alguém tem dúvida de que Cid não irá tomar uma posição a respeito do apoio do PSD?

Caso Robinson venha a liberar seus liderados para acompanharem o prefeito Flávio Azevedo, vejam a problemática que poderá acontecer.

Numa semana, no palanque de Cid Arruda, Robinson fará a campanha em prol da candidatura do ex-prefeito. Na outra semana, seus liderados subirão no palanque de Flávio Azevedo para dizer que Robinson está errado na sua escolha em Nova Cruz. Engraçado né?

Será que caberiam todos juntos no mesmo palanque em 2014?

Ou o tom da conversa entre Cid e Robinson será assim?

Se o PSD tiver com o PSB em 2012, o PSB estará com o PSD em 2014, caso contrário...

E Robinson que sabe que o atual prefeito Flávio Azevedo e candidato a reeleição é aliado ferrenho da governadora Rosalba Ciarlini e dos Alves, claro que com voto certo para ambos em 2014 numa possível reeleição da governadora e da candidatura de Henrique Alves para o senado, vai aceitar que em 2012 façam a base política de seus adversários?

Na minha modesta opinião o líder o PSD tem duas opções:

1ª) Apoiar de forma integral e irrestrita a candidatura de Cid Arruda Câmara e ter seu apoio em 2014; ou

2ª) Liberar seus liderados em 2012 e se contentar com os votos e apoio do Cunha Lima, Melos e Bezerras, na sua corrida eleitoral em 2014.

Será que para Robinson a troca do apoio de Cid representará vantagem em números de votos?

O tempo dirá... E não falta muito!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Já está disponível a inscrição para professor temporário para o estado do Rio Grande do Norte. 


O candidato que desejar concorrer a uma vaga deve preencher a ficha, fazer o pagamento da inscrição, efetuar o pagamento da taxa de inscrição e  entregar todos os documentos na respectiva DIRED do município para qual optou na Ficha de Inscrição, até às 13 horas, do dia 10 de maio de 2017.

Para ter acesso a inscrição CLICK AQUI.

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...

Tudo dentro do Script.
Sabe aquele filme de terror que tem muita trama, mentiras, traições, mas todo mundo sabe como acaba. Foi assim com a votação do Projeto de Lei 006/2017 enviado pelo prefeito de Nova Cruz, Targino Pereira e aprovado pela maioria absoluta da Câmara Municipal de Nova Cruz.
A Sessão Ordinária desta sexta-feira (30), mas que teve sabor de 13, marcou o fim dos trabalhos do primeiro semestre do Edis, mas manchou de forma imensurável a educação do município de Nova Cruz de forma negativa.
Um resultado previsível que ficou evidente que aconteceria logo após a realização da audiência pública pela clara posição dos vereadores naquele momento.
Não adiantou mostrar as perdas para a categoria e para os alunos, o plágio evidente do anexo IV de um projeto baiano; o não exito na cidade de Monte Alegre - RN quando foi lá implementado; a falta no documento de 10 anexos, dentre muitos outros melíficos que estavam nas entrelinhas.
Valeu de fato a submissão da bancada governista ao Poder …

Política: O que muda para Nova Cruz com o governo Targino Pereira...