Pular para o conteúdo principal

Políticas Públicas...

Eleições Municipais

O ocupante de um cargo de prefeito ou de vereador é um procurador nosso para, em nosso nome, exercer um mandato, fixando normas e diretrizes para a comunidade.
  
Assim, os candidatos eleitos devem estar perfeitamente sintonizados com o pensamento, as idéias, os valores do eleitor. 

As eleições municipais devem marcar o início de uma verdadeira ação política em defesa dos direitos dos menos favorecidos, bem como devem assegurar os direitos de todos, enquanto fontes norteadoras dos gastos públicos em consonância com a legislação, inclusive a de responsabilidade fiscal. Mais ainda em consonância com os ditames da moral.

O prefeito não pode gastar as verbas públicas à toa. Há toda uma legislação apontando e orientando como cada prefeito deve gastar o dinheiro do povo. Infelizmente isto não tem impedido o exercício de corruptos e corruptores que vem enchendo seus bolsos com a grana do povo. Mas se isto acontece é por que cada cidadão não está fiscalizando o que lhe pertence, o que pertence à comunidade. E o cidadão que também não fiscaliza, fica em cima do muro, exerce também um tipo de crime: o crime de conivência com os atos ilícitos de autoridades.

Em política, as eleições municipais são um trampolim para  o acúmulo de riqueza à custa do povo. Mas como escolher bem candidato à prefeito e a vereador?  

a)informe-se da vida passada do candidato. Examine o testemunho que ele dá em sua comunidade; 

b) se ele já exerce ou exerceu algum cargo eletivo (prefeito, vereador, deputado, senador) procure se informar como votou nas questões da vida e da família;

c) verifique se o candidato está ou esteve envolvido em processo de corrupção e como se saiu;

d) informe-se sobre quem está apoiando o candidato. O adágio: “Dize-me com quem andas e dir-te-ei que és” aplica-se ao caso. 

e) desconfie das campanhas milionárias. O eleito vai retirar o gasto da campanha de algum lugar. Esse lugar pode ser o seu bolso; 

f) peça ao candidato que assuma um compromisso público, se eleito, de defender os seus direitos constitucionais e civis como membro de uma comunidade;

g) verifique se o candidato tem um patrimônio de acordo com seus ganhos, isto é, se depois que ele ocupou o cargo de prefeito ou de vereador o seu patrimônio cresceu como um passe de mágica. Pergunte quanto ganha o vereador e se o carro que ele usa está de acordo com seus ganhos, por exemplo.

h) finalmente dê seu voto consciente.  Exerça bem sua cidadania.  Seu voto é importante para o futuro da democracia, da vida e da família.

Diante da pressão de grupos e instituições, de corruptos e corruptores, teremos de contar com um Legislativo forte.  
 
Urge fazermos esforços para levar a todos informações que possibilitem o verdadeiro exercício da cidadania. Além disso, é preciso que o candidato assuma e cumpra o compromisso assumido na campanha política.

FONTE: AMACAMOCIM (http://www.geocities.ws/amacamocim/comoescolherumcandidato.html ) 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Já está disponível a inscrição para professor temporário para o estado do Rio Grande do Norte. 


O candidato que desejar concorrer a uma vaga deve preencher a ficha, fazer o pagamento da inscrição, efetuar o pagamento da taxa de inscrição e  entregar todos os documentos na respectiva DIRED do município para qual optou na Ficha de Inscrição, até às 13 horas, do dia 10 de maio de 2017.

Para ter acesso a inscrição CLICK AQUI.

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...

Tudo dentro do Script.
Sabe aquele filme de terror que tem muita trama, mentiras, traições, mas todo mundo sabe como acaba. Foi assim com a votação do Projeto de Lei 006/2017 enviado pelo prefeito de Nova Cruz, Targino Pereira e aprovado pela maioria absoluta da Câmara Municipal de Nova Cruz.
A Sessão Ordinária desta sexta-feira (30), mas que teve sabor de 13, marcou o fim dos trabalhos do primeiro semestre do Edis, mas manchou de forma imensurável a educação do município de Nova Cruz de forma negativa.
Um resultado previsível que ficou evidente que aconteceria logo após a realização da audiência pública pela clara posição dos vereadores naquele momento.
Não adiantou mostrar as perdas para a categoria e para os alunos, o plágio evidente do anexo IV de um projeto baiano; o não exito na cidade de Monte Alegre - RN quando foi lá implementado; a falta no documento de 10 anexos, dentre muitos outros melíficos que estavam nas entrelinhas.
Valeu de fato a submissão da bancada governista ao Poder …

Política: O que muda para Nova Cruz com o governo Targino Pereira...