Pular para o conteúdo principal

Por gravidade PMDB e PR devem ficar juntos em Nova Cruz...

O deputado federal e líder do PR no Rio Grande do Norte, João Maia, comentou em entrevista ao Jornal 96 o panorama das alianças de que participa sua legenda nos principais colégios eleitorais do Estado.

Em Natal, o partido, que vinha sendo cortejado pelo PSDB e PMDB mais recentemente, optou por caminhar ao lado do deputado estadual Hermano Morais. Em contrapartida, os peemedebistas desembarcam nos projetos do PR em outros municípios, caso de São Gonçalo do Amarante, importante eixo que ganhou projeção face à importância econômica que desponta.

"Foi basicamente para saber onde poderíamos andar juntos e o que faríamos em caso de negativa, em caso de termos que subir em palanques opostos". Disse João Maia

João Maia comentou que conversara com os líderes do DEM e PMDB, Agripino Maia e Henrique Alves, respectivamente, para que definissem como os partidos caminhariam nas eleições de 2012.

Dessas costuras resultou, para o PR, a seguinte configuração eleitoral nos municípios abaixo:

Mossoró

"Anunciamos formalmente o apoio a Cláudia Regina, junto com PMDB e DEM. Não poderíamos deixar de apoiar a candidatura da governadora em seu berço político, ainda mais quando o PR integra o governo e o conselho político. Seria como a governadora ficar contra mim em Jardins de Piranha."

Assu

"George Soares, o deputado estadual, me procurou e disse que vai ser candidato e quer ser prefeito de Assu. É filho de Ronaldo Soares, que já foi prefeito três vezes. Eu fiquei de conversar com o DEM e PMDB, que tendem ao palanque de Ivan Jr. O que eu disse para George é que nós o apoiaremos com todas as nossas forças e nossa fé, mas precisamos ter uma conversa definitiva sobre o palanque".

Caicó

"Temos a pré-candidatura de Roberto Germano, e abrindo a possibilidade para que ele negocie com outros partidos para acertarmos quem será o vice. Pleiteamos ser o vice porque temos força em Caicó, mas predefinir essa questão agora não é a melhor coisa a ser feita. A minha esposa, Fernanda Maia, tem um vínculo com política e sondam o nome dela. O que pesa, contudo, é a questão familiar, de nossos filhos. E disse a ela que, se quiser ser, deverá disputar com os outros pré-candidatos".

Currais Novos

"Temos a pré-candidatura de Zé Lins. A gente discute a possibilidade de aliança com o PMDB. Lá não tem como conversar com o DEM, que vai de candidatura própria".

Parnamirim

"A gente tem a união das oposições. Temos um pré-candidato, o vice-prefeito Epifânio Bezerra, que veio para o PR. Mas as pesquisas internas indicam que o deputado Gilson Moura está melhor posicionado. Conversei com Epifânio e vamos apostar em Gilson Moura"


Na entrevista a situação de Nova Cruz não foi citado, mas as conversas nas "calçadas democráticas" apontam para uma aproximação do  grupo ligado ao PR de Nova Cruz - comandado pelos irmãos Max e João Paulo - com o PMDB de Flávio Azevedo. 

Só resta saber, se por gravidade, o PR vai desembarcar no palanque do PMDB e qual discurso o estrategista, Max Andrade, vai arrumar  para justificar seu apoio a um sistema do qual ele próprio abandonou por não acreditar nas metas de governo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Já está disponível a inscrição para professor temporário para o estado do Rio Grande do Norte. 


O candidato que desejar concorrer a uma vaga deve preencher a ficha, fazer o pagamento da inscrição, efetuar o pagamento da taxa de inscrição e  entregar todos os documentos na respectiva DIRED do município para qual optou na Ficha de Inscrição, até às 13 horas, do dia 10 de maio de 2017.

Para ter acesso a inscrição CLICK AQUI.

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...

Tudo dentro do Script.
Sabe aquele filme de terror que tem muita trama, mentiras, traições, mas todo mundo sabe como acaba. Foi assim com a votação do Projeto de Lei 006/2017 enviado pelo prefeito de Nova Cruz, Targino Pereira e aprovado pela maioria absoluta da Câmara Municipal de Nova Cruz.
A Sessão Ordinária desta sexta-feira (30), mas que teve sabor de 13, marcou o fim dos trabalhos do primeiro semestre do Edis, mas manchou de forma imensurável a educação do município de Nova Cruz de forma negativa.
Um resultado previsível que ficou evidente que aconteceria logo após a realização da audiência pública pela clara posição dos vereadores naquele momento.
Não adiantou mostrar as perdas para a categoria e para os alunos, o plágio evidente do anexo IV de um projeto baiano; o não exito na cidade de Monte Alegre - RN quando foi lá implementado; a falta no documento de 10 anexos, dentre muitos outros melíficos que estavam nas entrelinhas.
Valeu de fato a submissão da bancada governista ao Poder …

Política: O que muda para Nova Cruz com o governo Targino Pereira...