Pular para o conteúdo principal

Alunos e professores do RN já podem enviar textos para concorrer a Prêmio Caern de Redação...

Estudantes do ensino fundamental e médio e professores de escolas públicas e privadas de todo o Estado já podem encaminhar textos para o Prêmio Caern de Redação. A iniciativa, da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte, concederá premiações em dinheiro, troféus e tablets para estudantes, professores orientadores e escolas que apresentarem as melhores redações sobre o tema "Água: desafio do século XXI". As inscrições estão abertas até as 17 horas do dia 10 setembro e o resultado será divulgado no mês de dezembro.

Lançado no dia 26 de junho, o Prêmio Caern de Redação pretende estimular a discussão sobre o abastecimento de água em toda a rede escolar do Estado. O objetivo é disseminar conceitos que contribuam para a preservação dos recursos hídricos e o uso racional da água em um período em que a população potiguar enfrenta a maior estiagem dos últimos 40 anos. "A partir de agosto, faremos visitas às escolas e vamos organizar encontros regionais com educadores e estudantes orientando sobre o prêmio e desenvolvendo ações que permitam que a questão da água seja tratada com a prioridade que requer", destaca o assessor de Comunicação da Caern, jornalista Paulo Freire.

Caso alguma escola tenha interesse em receber a equipe do prêmio poderá solicitar através do e-mail comunicacao@caern.com.br. O regulamento completo e a ficha de inscrição podem ser encontrados no endereço eletrônico www.premiocaern.blogspot.com.br. Outras informações podem ser obtidas através dos telefones 3232-4161 e 3232-4236. Também é possível acompanhar o andamento do prêmio através das redes sociais. Páginas criadas no Twitter e no Facebook manterão conectados alunos e professores e servirão de locais em que seja possível retirar dúvidas.

Destinado à participação de alunos de Ensino Fundamental - categoria 1 (5º e 6º anos), Ensino Fundamental Categoria 2 (7º, 8º e 9º anos) e Ensino Médio (1º a 3º ano) da rede oficial pública (federal, estadual e municipal) e particular do Estado, o concurso irá premiar com R$ 1.000 e um tablet os alunos que apresentarem as melhores redações em cada categoria. Os professores orientadores dos melhores textos irão receber um tablet e as escolas campeãs um troféu.

Par participar, cada escola deverá enviar a melhor redação de cada categoria, ou seja, cada instituição terá que fazer uma seleção prévia antes da inscrição para o prêmio. Os trabalhos deverão ser apresentados sob a forma de redação (somente texto), no gênero textual "Carta", endereçada ao Diretor-Presidente da Caern. Na carta, o aluno terá de demonstrar conhecimento sobre a questão da oferta de água no Rio Grande do Norte e no Brasil e explicitar como ele enxerga o horizonte do abastecimento nos próximos anos e que sugestões ele apresenta para garantir que não falte água para as gerações futuras.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Já está disponível a inscrição para professor temporário para o estado do Rio Grande do Norte. 


O candidato que desejar concorrer a uma vaga deve preencher a ficha, fazer o pagamento da inscrição, efetuar o pagamento da taxa de inscrição e  entregar todos os documentos na respectiva DIRED do município para qual optou na Ficha de Inscrição, até às 13 horas, do dia 10 de maio de 2017.

Para ter acesso a inscrição CLICK AQUI.

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...

Tudo dentro do Script.
Sabe aquele filme de terror que tem muita trama, mentiras, traições, mas todo mundo sabe como acaba. Foi assim com a votação do Projeto de Lei 006/2017 enviado pelo prefeito de Nova Cruz, Targino Pereira e aprovado pela maioria absoluta da Câmara Municipal de Nova Cruz.
A Sessão Ordinária desta sexta-feira (30), mas que teve sabor de 13, marcou o fim dos trabalhos do primeiro semestre do Edis, mas manchou de forma imensurável a educação do município de Nova Cruz de forma negativa.
Um resultado previsível que ficou evidente que aconteceria logo após a realização da audiência pública pela clara posição dos vereadores naquele momento.
Não adiantou mostrar as perdas para a categoria e para os alunos, o plágio evidente do anexo IV de um projeto baiano; o não exito na cidade de Monte Alegre - RN quando foi lá implementado; a falta no documento de 10 anexos, dentre muitos outros melíficos que estavam nas entrelinhas.
Valeu de fato a submissão da bancada governista ao Poder …

Política: O que muda para Nova Cruz com o governo Targino Pereira...