Hora extra no TRE para julgar registro de candidaturas...


Apesar de ter intensificado o ritmo de julgamento dos recursos de pedidos de registro de candidaturas impugnados pelos juízes eleitorais, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) não conseguiu cumprir o prazo de julgar todos os processos até ontem, como havia sido estabelecido. Até o fechamento desta edição, haviam 135 recursos. Dos julgamentos realizados, pelo menos 45 candidatos tiveram seus registros de candidatura indeferidos pelo Tribunal. Ainda não foram julgados cerca de 250 recursos.

O presidente do TRE, desembargador Saraiva Sobrinho, tem feito convocações extraordinárias para acelerar o processo. Mas, não foram suficientes para cumprir o prazo. Os recursos dos candidatos José Lins (PR), de Currais Novos, e Fernando Cunha (PMN), de Macaíba, ainda não saíram. Eles são favoritos, segundo as pesquisas, nas disputas de suas cidades. No entanto. tiveram candidaturas indeferidas pela Justiça Eleitoral. Os recursos serão julgados agora em segunda instância. A pendência gera expectativa nas duas cidades. Ambos continuam em campanha.

Muitos são os motivos dos indeferimentos de registros de candidaturas. Alguns deles são: entrega de documentação fora do prazo, ausência de quitação eleitoral, contas de campanha desaprovadas, não cumprimento do prazo para desincompatibilização de cargos públicos, rejeição de contas públicas, ausência de legitimidade, processo por compra de votos e analfabetismo. Muitos são os casos de indeferimentos de candidaturas com base na Lei da Ficha Limpa. 


Fonte: Diário de Natal

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...