Germano Targino fala sobre episódio em Primeira Lagoa...

Em entrevista exclusiva ao blog, Germano Targino esclarece detalhes do episódio ocorrido na última segunda-feira (17) na comunidade de Primeira Lagoa, no qual ele foi acusado de agredir um morador local.

BLOG: Na tarde noite da última segunda-feira a coligação "Nova Cruz no Rumo Certo" realizou seu movimento político na comunidade de Primeira Lagoa durante as visitas ocorreu algo que lhe chamou atenção?

GERMANO: Não, tudo ocorreu na mais perfeita normalidade e dentro do previsto pela coligação.

BLOG: Você ou Cid chegaram a visitar a residência do senhor Mailson dos Santos?

GERMANO: Durante as visitas vamos em todas as residências que nos receberem e passamos pela casa desse cidadão e fomos atendidos pela mãe  dele. Ela disse que nessa campanha não votaria em Cid mesmo tendo votado em mim em 2008. Falei que era uma democracia e respeitava a posição dela.

BLOG: Você chegou a citar algum ato do senhor Mailson?

GERMANO: Na mesma conversa na qual falei que respeitava a decisão dela em não votar em Dr. Cid pedi para ela aconselhar o filho pois o mesmo estava andando para cima e para baixo com um carro tocando uma música que insultava nossa coligação e naquele momento não era propício aquela atitude, que as eleições passavam e todos nós teriamos que continuar convivendo naquela comunidade. Ela disse que falaria com ele.

BLOG:  O que ocorreu depois de sair dessa casa?

GERMANO: Continamos as visitas normalmente e no final da tarde retornei a minha residência na Fazenda Trincheiras, por volta das 19 horas eu e Monique voltamos a Primeira Lagoa para pegar Dr. Cid que havia continuado nas visitas, para jantarmos e nos prepararmos para o arrastão e comício. Quando chegamos a Primeira Lagoa Mailson se aproximou do meu carro e assenou com a mão para eu parar o veículo, parei e baixei o vidro, ele se aproximou de mim e disse sua mãe já havia falado com ele, então disse que não queria conversa com ele naquele momento e posteriormente conversariamos, subi o vidro do carro fui até onde estava Dr. Cid e retormanos a minha residência.

BLOG: Depois desse momento que você relatou o Sr. Mailson dos Santos prestou queixa contra você o acusando de ter mostrado uma arma de fogo, tipo revolver para ele. O que você tem a dizer sobre isso?

GERMANO: Uma verdadeira armação contra mim, você acha que eu iria para um movimento político armado? E tem mais, com que intuíto eu mostraria uma arma para ele de dentro do meu carro? Coisas sem sentido.

BLOG: Quando você soube da queixa contra você?

GERMANO: Na manhã de terça-feira quando recebi a intimação.

BLOG: Já houve a audiência?

GERMANO: Sim, na manhã de hoje (quarta-feira) e o que mais me surpreendeu é que o cidadão relatou que era contratado de Flávio Azevedo para realizar atividades da campanha.

BLOG: Quais as providências que serão tomadas daqui para frente?

GERMANO: Entramos com uma queixa crime contra o Mailson Santos, por denuncia caluniosa. Agora ele vai ter que provar que eu mostrei uma arma para ele.

Vejam o boletim de ocorrência (click na imagem para ampliar)


BLOG: Qual o seu sentimento depois desse ocorrido e de toda repercussão que tomou, sendo noticiadas em vários blogs e até na imprensa estadual?

GERMANO: De indignação, não apenas pela armação que foi armada contra mim, mas de saber que um prefeito de uma cidade como Nova Cruz sobe num palanque eleitoral para mentir, dizendo que eu teria puxado uma arma para um pai de familia e que eu naquele momento estava preso. Isso só mostra o destempero do prefeito em tentar fugir dos assuntos de interesse de Nova Cruz, como o fechamento do matadouro público e o resultado da pesquisa. O bom é que no mesmo momento que ele dizia no palanque que eu estava preso, estava acontecendo o comício em Primeira Lagoa e eu estava no palanque pronto para discursar, mais uma prova das mentiras que andaram falando deste segunda-feira.

BLOG: Algum outro esclarecimento que você deseja fazer?

GERMANO: Não, acho que já é o suficiente para mostra para todos que armaram para mim, mas a política vai passar as verdades irão aparecer.

Comentários

  1. Eu acho graça nessas coisas!!ninguem nunca fala a verdade!

    ResponderExcluir
  2. Nasci em Nova Cruz e atualmente moro em Brasília. Gosto muito de viajar frequentemente para minha cidade natal para rever meus familiares e amigos. O que me chama a atenção é que a cidade atualmente está com várias ruas esburacadas e sujas. Conversei com colegas e eles me disseram que o atual prefeito não pagou aos garis e muitos outros brabalhadores. Fiquei pensando como pode acontecer tantas coisas erradas sem que o ministério publico e a própria população não se manifestasse. O mais absurdo é a segueira e a falta de visão política de parte significativa da população que não percebe a inconpetencia da atual gestão pública.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...