Postagens

Mostrando postagens de Março 28, 2012

Cidade do Agreste Potiguar pagará aumento de 22,22% para professor ...

A Câmara Municipal de Jundiá, Rio Grande do Norte aprovou na última sexta-feira (23) o aumento de 22,22% do piso salarial dos professores da rede municipal de ensino.
A prefeita do município de Jundiá/RN, Cenira Maria de Souza enviou para Câmara Municipal o projeto que trata do reajuste salarial de 22,22% do piso nacional dos professores concedido pelo próprio MEC. O projeto foi apreciado e aprovado em unanimidade pelos vereadores daquele município e em seguida sancionado pela prefeita, Cenira Maria de Souza. O pagameto do salário reajustado será no final do mês de março, retroativo ao mês de janeiro de 2012.
Fonte: novacruzoficial
DO BLOG:
Se fizermos um parâmetro dos repasses para a cidade de Jundiá com as demais cidades de Agreste, facilmente comprovaremos valores muito inferiores, mas atendeu a determinação do MEC para o pagamento do piso.
Enquanto isso o prefeito  de Nova Cruz, Flávio Azevedo,  propôs um pagamento em duas parcelas para os meses de abril e maio. UMA VERGONHA!

Quanto vale um voto?

Sempre nos deparamos com esse tipo de questionamento. Podemos analisar de seguinte maneira:
1) Se você votar por motivos fúteis (por exemplo, pra não votar no outro, porque ele (a) tem boa aparência, é filho de fulano, ciclano ou beltrano...) então seu voto não vale nada. Melhor fosse que tivesse nem votado. Está corroborando para os interesses daqueles que estão enriquecendo com o seu suor de cada dia. 
Agora se você votou nessa tal pessoa, bem, saiba que, na verdade, essa é uma jogada política para fazer com que fanfarrões políticos (velhos sabichões, pra não dizer outra coisa) se aproveitam para voltarem escondidos atrás da sombra de tais personalidades. Quanta ignorância política nós temos nesse país. Bem, na próxima eleição vote neles outra vez, afinal, seu voto não tem valor nenhum.
2) Se você votar por um partido apenas, saiba que seu voto também não vale nada, afinal, os políticos trocam de partido como se troca de roupa. Quando um político é expulso de um partido, outro partido …

Servidores federais podem entrar em greve dia 8 de maio...

Servidores federais dos Três Poderes prometem greve geral a partir do dia 8 de maio, com adesão de dois milhões de trabalhadores, caso não tenham as reivindicações atendidas pelo governo federal. Eles reivindicam abertura imediata de negociações por reajuste salarial. Para forçar o diálogo, cerca de 10 mil funcionários públicos de vários estados organizam marcha pela Esplanada dos Ministérios, a partir das 10h desta quarta-feira (28).
A marcha faz parte da Campanha Salarial Unificada do funcionalismo federal e será formada por 31 entidades que compõem o Fórum Nacional das Entidades dos Servidores Federais, que envolve os Três Poderes. Rodrigues explicou que os servidores decidiram unificar as reivindicações para “enfrentar a política de reajuste zero e a intransigência do governo Dilma, que vem se negando sistematicamente em abrir negociações”.

Da Agência Brasil