Postagens

Mostrando postagens de Maio 22, 2012

Prefeito de Caraúbas perde mandato por infidelidade partidária...

Os juízes da Corte Eleitoral, em sessão ordinária na tarde de hoje (22), decidiram por unanimidade, julgar procedente ação de perda de cargo eletivo por desfiliação partidária, interposta pelo Ministério Público Eleitoral, que pretendia o reconhecimento de infidelidade por parte do prefeito de Caraúbas, Ademar Ferreira da Silva.
Nos autos do processo, o prefeito argumentou que sua desfiliação do Partido Social Brasileiro (PSB) decorreu de grave discriminação pessoal, caracterizada por divergências partidárias, impossibilitando assim a sua permanência no partido. No entanto, o argumento não foi acatado pelos membros da Corte.

Eleições 2012 - Vai começar a festa...

Pré-candidatos já poderão fazer propaganda intrapartidária a partir do próximo sábado
De acordo com o calendário das eleições 2012, a partir do próximo sábado (26) o postulante a candidatura de prefeito ou vereador já poderá realizar propaganda intrapartidária, em que os candidatos podem fazer propaganda dentro dos partidos para que consigam a apoio candidatura, e assim a indicação dos respectivos partidos.
Mas atenção…
É proibido o uso de rádio, televisão e outdoor dentro dos 15 dias permitidos por lei, e que antecede a data definida pelo partido para a escolha dos candidatos, a chamada convenção partidária, que serão realizadas do dia 10 a 30 de junho.

Wilma de Farias desiste de candidatura...

Uma reunião ocorrida ontem entre a ex-governadora Wilma de Faria, presidente estadual do PSB, e vereadores da legenda, teria definido os rumos partidários e estratégias para o pleito municipal deste ano.
Entre os comunicados aos presentes, o de que ela não estaria disposta a concorrer à sucessão da prefeita Micarla de Sousa. A ex-governadora teria definido a estratégia de se preservar para o pleito de 2014, quando pretende disputar um mandato na Câmara dos Deputados.
Além desse interesse de evitar um desgaste que inviabilize os planos de concorrer a um mandato de deputado federal, ela estaria também preocupada com as denúncias de que envolvem o filho, Lauro Maia, e optou pelo recuo. Ao desistir de se candidatar à Prefeitura, provavelmente Wilma de Faria vai apoiar o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, pré-candidato pelo PDT. O nome da vereadora Júlia Arruda (PSB) está cotado para encampar a chapa com o pedetista, na condição de vice.
O prego ainda não está batido. Falta definir d…