“Fórmula do amor” secreta desperta ceticismo...


Na busca pelo amor verdadeiro, preencher um questionário online seria mais científico do que rezar para Santo Antonio?
Para os psicólogos do eHarmony, site de relacionamentos, sim. O serviço oferece um algoritmo computadorizado que promete ajudar os usuários a encontrar sua alma gêmea. Mas essa afirmação foi criticada numa revista de psicologia no ano passado por uma equipe de pesquisadores acadêmicos, que concluíram que "nenhuma evidência convincente sustenta as alegações do site de que seus algoritmos matemáticos funcionam".
"É possível derivar empiricamente um algoritmo de formação de casais que prevê o relacionamento de duas pessoas antes de elas se conhecerem".
É a Matemática a serviço do amor!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...