Bolsa Copa: Vamos comemorar...

Em meio a uma onda de manifestações que tomam conta do país, ministros do Estado, servidores federais e comandantes e oficiais das Forças Armadas foram premiados com uma “Bolsa-Copa” para assistir aos jogos da Copa das Confederações.
O bônus, que dobra o valor das diárias dos servidores públicos, foi anunciado um dia antes do início da competição, quando o Palácio do Planalto publicou o decreto 8.028/13, em edição extra do Diário Oficial da União. O decreto tem a assinatura da presidente Dilma Rousseff (PT).
A Bolsa-Copa prevê que cada servidor público receba até R$ 581, para que possa arcar com gastos como hospedagem, alimentação e traslados. Este valor é fixo para os ministros do Estado, caso precisem se deslocar para Brasília, Manaus e Rio de Janeiro. Já para as Praças das Forças Armadas, o piso é de R$ 147, nos casos de deslocamento para cidades consideradas menores.
Caso o deslocamento seja para cidades como Salvador, Fortaleza, Recife, São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre, o valor chega a R$ 551,95. Se a viagem for para qualquer outro estado, o custo cai para R$ 520. Para demais viagens, o teto tem o valor de R$ 458,99.
O benefício pode ser utilizado entre o período de 14 de junho e 2 de julho, embora a final da competição seja realizada no dia 30 de junho.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...