Conflitos no RJ: PM exibe cassetete quebrado, diz ‘foi mal, fessor’ e causa revolta...

Uma foto publicada por um policial militar do Rio de Janeiro em seu perfil do Facebook “Tiago Tiroteio” causou repúdio na internet.

Na imagem, o PM aparece fardado mostrando um cassetete quebrado com a legenda “Foi mal, fessor”, numa referência à atuação durante protesto de professores em greve.
 Nesta sexta-feira (4), internautas revoltados com a atitude do militar enviaram o registro para o VC no G1 .

Procurado pelo G1 , o tenente-coronel Claudio Costa, relações-públicas da Polícia Militar, afirmou ter conhecimento da foto, disse que a página já foi retirada do ar e que a corporação está apurando o caso. De acordo com a PM, a investigação está sendo acompanhada pela 1ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM), que tenta identificar o policial e assim que ele for identificado, ele será ouvido. 

Segundo internautas, ele teria postado a fotografia no dia da última manifestação dos professores da rede municipal de ensino no Rio, que aconteceu na terça-feira (1º), quando a Câmara aprovou em reunião extraordinária o projeto de lei do Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações (PCCR).

Através de e-mail, um internauta de 35 anos, que preferiu não se identificar, escreveu: “Policial se vangloria de violência contra os professores no RJ. Perfil mostra policial militar zombando das manifestações. Policial ainda usa o sobrenome “tiroteio” e se coloca como agente de término de manifestações”.

Entre os comentários da foto publicada no Facebook, o post “vacilão” gerou 171 curtidas entre os internautas. Já a anotação “faltou às aulas de direito constitucional” provocou 164 curtidas.

Um outro internauta do G1 , que também pediu para não ser identificado, contou que viu a imagem na noite desta quinta-feira (3). Ele enviou a foto e afirmou: “Absurdo, o policial do RJ posta foto de cassetete quebrado e diz foi “mal fessor”. Esse tem que ser exonerado da polícia absurdo”.

Fonte: G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...