Pular para o conteúdo principal

Defensores públicos querem tirar Rosalba do poder...

A Associação dos Defensores Públicos do Rio Grande do Norte vai pedir o impeachment da governadora Rosalba Ciarlini. A informação foi dada pelo presidente da entidade, Francisco de Paula Leite Sobrinho, ao blog do jornalista Marcos Dantas.
Outra medida a ser tomada será a entrada de uma representação junto ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pedindo o afastamento da governadora ou uma intervenção federal no Estado. As explicações do pedido serão dadas na próxima semana.

Essa é a segunda vez nesta semana que se fala abertamente no impedimento de Rosalba. A primeira surgiu através de pronunciamento do deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB) na Assembleia Legislativa.

As palavras de Nelter encontraram eco no juiz da 3ª Vara Criminal, Cláudio Mendes Júnior. Afirmando ter se pronunciado como cidadão no Twitter, ele defendeu o afastamento de Rosalba. "@NelterQueiroz Temos que começar a usar os mecanismos cosntiotucionais q (sic) existem para afastar maus administradores, ímprobos e incompetentes! Onde está o MP que não vê os absurdos deste Governo? Pq (sic) temos tanto empenho em punir os ladrões de galinha e faltam forças pros (sic) grandes? Acho mesmo que a CF deveria ser emendada criando-se um mecanismo de revogação popular dos mandatos de governantes incapazes. Afinal, o povo não é obrigado a aguentar 04 anos de descasso (sic) e sucateamento que trarão consequências devastadoras e irremediáveis no futuro!", disparou.

Essas declarações foram repercutidas no O Jornal de Hoje, de Natal. Após a matéria, Cláudio Mendes diz ter agido como cidadão e negou qualquer insinuação a respeito da honestidade de Rosalba. "Não é verdade que eu tenha classificado o governo Rosalba como ímprobo e incompetente como disse O Jornal de Hoje. Falei genericamente! Acho que mecanismos legais devem ser utilizados para afastar governantes ímprobos. Não afirmei em momento algum que governadora era ímproba. Apoiei, como cidadão, a atitude do deputado Nelter Queiroz, por ter coragem de tocar em assunto esquecido pelas autoridades que é o impeachment! Inclusive falei como cidadão, mas a imprensa faz questão de referir a meu cargo. Manifestação de indignação de cidadão num estado democrático", afirmou.

As palavras de Mendes encontraram apoio no juiz da Vara Criminal de Caicó, Luiz Cândido de Andrade Villaça. Ele elogiou a seriedade do juiz de Mossoró e defendeu o direito de um juiz se posicionar. "Antes de qualquer coisa, todos somos cidadãos e podemos, nos limites legais, dar opinião sobre qualquer coisa", acrescentou.

CRISE
A governadora Rosalba Ciarlini está em crise com a Assembleia Legislativa, Judiciário, Tribunal de Contas, Ministério Público e funcionalismo. Além disso, amarga uma impopularidade de 83%. Para completar, ela atrasou o salário de 6.600 servidores estaduais.

Fonte: O Mossoroense
Bruno Barreto
Editor de Política

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Já está disponível a inscrição para professor temporário para o estado do Rio Grande do Norte. 


O candidato que desejar concorrer a uma vaga deve preencher a ficha, fazer o pagamento da inscrição, efetuar o pagamento da taxa de inscrição e  entregar todos os documentos na respectiva DIRED do município para qual optou na Ficha de Inscrição, até às 13 horas, do dia 10 de maio de 2017.

Para ter acesso a inscrição CLICK AQUI.

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...

Tudo dentro do Script.
Sabe aquele filme de terror que tem muita trama, mentiras, traições, mas todo mundo sabe como acaba. Foi assim com a votação do Projeto de Lei 006/2017 enviado pelo prefeito de Nova Cruz, Targino Pereira e aprovado pela maioria absoluta da Câmara Municipal de Nova Cruz.
A Sessão Ordinária desta sexta-feira (30), mas que teve sabor de 13, marcou o fim dos trabalhos do primeiro semestre do Edis, mas manchou de forma imensurável a educação do município de Nova Cruz de forma negativa.
Um resultado previsível que ficou evidente que aconteceria logo após a realização da audiência pública pela clara posição dos vereadores naquele momento.
Não adiantou mostrar as perdas para a categoria e para os alunos, o plágio evidente do anexo IV de um projeto baiano; o não exito na cidade de Monte Alegre - RN quando foi lá implementado; a falta no documento de 10 anexos, dentre muitos outros melíficos que estavam nas entrelinhas.
Valeu de fato a submissão da bancada governista ao Poder …

Política: O que muda para Nova Cruz com o governo Targino Pereira...