Nota sobre surto de meningite no RN...

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) divulgou, nesta sexta-feira (6), uma nota técnica sobre a situação epidemiológica das meningites no Rio Grande do Norte. O documento, elaborado pela Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica (Suvige), contém todas as notificações de casos suspeitos de meningites no ano de 2014, além da distribuição de casos e óbitos confirmados por doença meningocócica ocorridos no Rio Grande do Norte nos anos de 2012 a 2014, entre outras informações.

De acordo com a nota, dos 10 casos de doença meningocócica confirmados no Rio Grande do Norte em 2014, quatro são residentes em Natal, dois em Macaíba, um em Pureza, um em Parnamirim, um em Nísia Floresta e um em Ielmo Marinho. Até o presente momento não houve correlação entre eles. Dos 4 óbitos de doença meningocócica confirmados, 1 era residente do município de Nísia Floresta, 2 de Macaíba  e 1 de Natal.   

A Suvige descarta a ocorrência de surto de meningite no estado   pois o surto é definido como a ocorrência de casos além do que é esperado para a população ou determinado grupo de indivíduos em um período específico. 

Os surtos de Doença Meningocócica precisam ser distinguidos de um aumento de casos esporádicos e de casos epidemiologicamente não relacionados.  A meningite pode ser causada por vírus ou bactérias e as vacinas disponíveis são específicas para cada agente etiológico, não existe uma vacina que proteja contra todos os tipos de meningites. Algumas destas vacinas já estão disponíveis no calendário básico de vacinação das crianças, são elas: Pentavalente (DTP+Hib+Hep. B), Pneumocócica 10-valente (conjugada), BCG-ID e Vacina Meningocócica C.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...