CNE debate correção do Piso Salarial para 2015...

O Conselho Nacional de Entidades da CNTE (CNE), realizado nos dias 4 e 5 de dezembro, em Brasília, entre outros assuntos, debateu a correção do Piso Salarial para o ano que vem.

O valor estimado para a correção do piso em janeiro de 2015 é de 13%, percentual que até o momento está confirmado.

Segundo Fátima Cardoso, Coordenadora Geral do SINTE/RN, este índice pode ser reduzido ainda mais, conforme aconteceu em 2012 e 2013, caso seja implantada alguma portaria ministerial até o dia 31 de dezembro deste ano.

A Coordenadora afirma que a CNTE, juntamente com os Sindicatos de educação, está lutando para que os 13% sejam mantidos e assim se encaminhe para o encontro da meta 17 do Plano Nacional de Educação (PNE). “Governadores e Prefeitos, já marcham a Brasília fazendo pressão para que os 13% sejam reduzidos para algo em torno de 8%. Contudo, a CNTE está mobilizada e deverá acompanhar os desdobramentos até o último dia de 2014”, afirma a sindicalista.

Ela lembra que o Congresso também já pode interferir fazendo uso INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), – índice criado com o objetivo de orientar os reajustes de salários dos trabalhadores – cuja correção do piso salarial que chegaria a 6,5% neste ano.


Fátima Cardoso alerta para as manobras que podem acontecer, lembrando outro projeto de lei que também tramita no Congresso Nacional e que trata da correção do Piso Salarial pelo INPC mais 50% do custo aluno. “O SINTE/RN está engajado nesta luta nacional e vai continuar vigilante”, garante a Coordenadora.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...