Dois pesos, duas medidas: A tônica de uma sociedade voltada ao passado...

Quantas vezes não já ouvimos a frase “aos amigos tudo, aos inimigos nada, aos indiferentes a lei”. Esse termo é conhecido nos Estados Unidos como “Double stantard” e para nós brasileiros tem como significado o conhecido “dois pesos e duas medidas”

Na prática, podemos generalizar dizendo que em qualquer lugar do mundo esses termos  significa mais o menos o seguinte: tudo o que o aliado faz ou promove é “atual”, "esclarecido", "avançado", "progressista", dotado do mais puro civilismo e probidade.

Por outro lado, tudo o que vem  dos não aliado, é intrinsecamente classificado de  “ultrapassado”, "retrógrado", "intolerante", "preconceituoso", "indiferente" , mesmo que, na essência, corresponda justamente ao que foi sustentado pelo aliado em uma situação semelhante.

Na verdade o “dois pesos e duas medidas” não é apenas aplicado aos adversários – adversários, mas muitas vezes aos adversários - aliados e ainda aos aliados – aliados e nessa última ocorre o pior dos estágios.

Já é chegada a hora de todos  perdermos  o mau hábito de nos  sentirmos  acima do bem e do mal, cumprindo a lei e submetendo nossas  decisões, para aqueles que detém desse poder,  ao crivo do povo e  seus representantes, de forma transparente, limpa, humana, digna e de acordo com os princípios da moralidade administrativa, impessoalidade, eficiência etc, como reza no art.37 da Constituição Brasileira

Deve-se lamentar, também, a cobertura do tipo dois pesos e duas medidas da imprensa, nas escolas, no comércio,... na vida.

Então indago: o que mudou, foram os paradigmas ou as pessoas?

Qualquer que seja a resposta quem sabe um dia possamos deixar de conviver com justas injustiças, inverdades verdadeiras, dois pesos e duas medidas, Double stantard.


(texto adaptado)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...