Vereadores pedirão a Eduardo Cunha para reforma política não ser válida para o pleito de 2016...

Na conversa que terão com Eduardo Cunha nesta terça-feira, presidentes de Câmaras municipais apresentarão manifesto pedindo que qualquer alteração nas regras eleitorais não seja válida para 2016. O texto, assinado por Antônio Donato (PT-SP), Jorge Felippe (PMDB-RJ) e mais 11 chefes de Legislativos municipais, diz que um ano é pouco para que os eleitores “absorvam com clareza” as regras.
Segundo a Folha de São Paulo, governadores que estiveram com Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e Renan Calheiros (PMDB-AL) ficaram animados com avanços em pautas que não dependem de verbas da União. O paulista Geraldo Alckmin (PSDB) disse a aliados ter recebido sinais de que deve andar projeto que dá autonomia aos governos estaduais para decidir sobre investigação policial.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...