Pular para o conteúdo principal

Acidente envolvendo carro e carreta mata duas pessoas na RN-120...

Duas pessoas morreram na manhã desta segunda-feira (19) vítimas de um acidente envolvendo uma carreta e um Fiat Palio na RN-120, próximo a cidade de Santo Antônio, na região Agreste potiguar.

Segundo o Corpo de Bombeiros, morreram Braz Soares da Silva, de 70 anos, e Maria de Lourdes da Silva, de 59. Os dois, cujas idades não foram confirmadas, estavam no Palio. 
Policiais militares que atenderam a ocorrência relataram que ainda não havia a constatação de qual veículo teria provocado a colisão, mas disseram que o motorista da carreta (que tem placas de BrumadinhoMinas Gerais) se evadiu do local após o acidente.
O Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) foi acionado para fazer a remoção e perícia dos corpos.
Moradores da região disseram que as vítimas são marido e mulher e que o casal residia no Sítio Jucá, que fica no próprio município de Santo Antônio.
A RN-120 liga os municípios de Santo Antônio e Nova Cruz.
Fonte: G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Já está disponível a inscrição para professor temporário para o estado do Rio Grande do Norte. 


O candidato que desejar concorrer a uma vaga deve preencher a ficha, fazer o pagamento da inscrição, efetuar o pagamento da taxa de inscrição e  entregar todos os documentos na respectiva DIRED do município para qual optou na Ficha de Inscrição, até às 13 horas, do dia 10 de maio de 2017.

Para ter acesso a inscrição CLICK AQUI.

Política: O que muda para Nova Cruz com o governo Targino Pereira...

Prefeito de Nova Cruz Targino Pereira deverá restituir cofre público municipal em mais de 900 mil...

Atual prefeito da cidade de Nova Cruz é condenado pelo  TCE- PB, que  decidiu na última quarta-feira (12), por maioria, que o então ex-prefeito de Tacima, Targino da Costa Pereira Neto, deve restituir aos cofres municipais importância superior a R$ 900 mil, em razão de irregularidades que, em meio a outras, incluíram gastos públicos com campanha eleitoral e festa da vitória, folha de pessoal de fazenda particular, uso indevido de recursos do Fundeb e pagamentos por obras não executadas.  A decisão encontra-se no site do TCE do Estado da Paraíba que relata condenações a outros gestores públicos do estado. 
Para ler direto do Site do TCE CLICK AQUI. Fonte: Ascom/TCE-PB