Pular para o conteúdo principal

CEF e Construtoras descumprem normas para aquisição de casas...

A Caixa Econômica Federal, em 2011, baixou nota esclarecendo que para os casos de projetos habitacionais cuja produção é financiada pela CAIXA, a exigência de que o empreendimento esteja localizado na malha urbana, seja dotado de vias de acesso pavimentadas e de soluções para abastecimento de água, energia elétrica, esgoto pluvial e sanitário já prevalecia desde o lançamento do Programa Minha Casa Minha Vida.

 A CAIXA esclarece que os pedidos de financiamento em nome de pessoas físicas, cujas propostas já estavam aprovadas até 11.02.2011, terão sua tramitação normal e, portanto, exclusivamente para estes casos, não será exigido que o terreno tenha pavimentação.

Essas normas são totalmente descumpridas pela Caixa Econômica Federal, no financiamentos em  Nova Cruz, no que diz respeito as casas entregues no loteamento Nova Esperança. Onde além das casas apresentarem inúmeros problemas estruturais, os moradores são obrigados a conviverem com acessos as ruas SEM PAVIMENTAÇÃO,  enlameadas, emburacadas e sem nenhuma estrutura para escoamento de águas.

Diante de tantos problemas moradores estão se mobilizando para acionar judicialmente a CEF e a construtura dos imóveis. 

O Ministério das cidades corrobora com a nota da CEF através da resolução RESOLUÇÃO Nº 194, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2012 e ratifica na resolução RESOLUÇÃO Nº 200, DE 5 DE AGOSTO DE 2014.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Já está disponível a inscrição para professor temporário para o estado do Rio Grande do Norte. 


O candidato que desejar concorrer a uma vaga deve preencher a ficha, fazer o pagamento da inscrição, efetuar o pagamento da taxa de inscrição e  entregar todos os documentos na respectiva DIRED do município para qual optou na Ficha de Inscrição, até às 13 horas, do dia 10 de maio de 2017.

Para ter acesso a inscrição CLICK AQUI.

Política: O que muda para Nova Cruz com o governo Targino Pereira...

Prefeito de Nova Cruz Targino Pereira deverá restituir cofre público municipal em mais de 900 mil...

Atual prefeito da cidade de Nova Cruz é condenado pelo  TCE- PB, que  decidiu na última quarta-feira (12), por maioria, que o então ex-prefeito de Tacima, Targino da Costa Pereira Neto, deve restituir aos cofres municipais importância superior a R$ 900 mil, em razão de irregularidades que, em meio a outras, incluíram gastos públicos com campanha eleitoral e festa da vitória, folha de pessoal de fazenda particular, uso indevido de recursos do Fundeb e pagamentos por obras não executadas.  A decisão encontra-se no site do TCE do Estado da Paraíba que relata condenações a outros gestores públicos do estado. 
Para ler direto do Site do TCE CLICK AQUI. Fonte: Ascom/TCE-PB