Pular para o conteúdo principal

Escolas de Nova Cruz terão "Ronda Escolar"...

O Programa Ronda Escolar, instituído pelo governo do RN e Policia Militar,  proporciona às instituições de ensino um atendimento especializado nas ocorrências envolvendo o ambiente escolar.

Buscando a ampliação da consciência de segurança entre crianças e adolescentes, o Ronda Escolar reitera ações preventivas em seu patrulhamento ostensivo, na integração com gestores, professores pais, alunos e demais integrantes da comunidade escolar.

Em Nova Cruz o programa começou a ser implementado no início do mês de abril numa parceira entre Governo do Estado - Prefeitura Municipal - 8º Batalhão de Polícia Militar.

O evento que marcou oficialmente o início do programa ocorreu na tarde desta terça-feira, 26 no CAIC de Nova Cruz, sob a presidência da mesa do prefeito de Nova Cruz, Cid Arruda Câmara.



Além das escola estaduais o "Ronda Escolar" também atenderá com os PMs, Lira e Lucas, as Escolas Municipais: Santa Luzia, Perreira Mattos, Nestor Marinho e Antônio Peixoto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Já está disponível a inscrição para professor temporário para o estado do Rio Grande do Norte. 


O candidato que desejar concorrer a uma vaga deve preencher a ficha, fazer o pagamento da inscrição, efetuar o pagamento da taxa de inscrição e  entregar todos os documentos na respectiva DIRED do município para qual optou na Ficha de Inscrição, até às 13 horas, do dia 10 de maio de 2017.

Para ter acesso a inscrição CLICK AQUI.

Política: O que muda para Nova Cruz com o governo Targino Pereira...

Prefeito de Nova Cruz Targino Pereira deverá restituir cofre público municipal em mais de 900 mil...

Atual prefeito da cidade de Nova Cruz é condenado pelo  TCE- PB, que  decidiu na última quarta-feira (12), por maioria, que o então ex-prefeito de Tacima, Targino da Costa Pereira Neto, deve restituir aos cofres municipais importância superior a R$ 900 mil, em razão de irregularidades que, em meio a outras, incluíram gastos públicos com campanha eleitoral e festa da vitória, folha de pessoal de fazenda particular, uso indevido de recursos do Fundeb e pagamentos por obras não executadas.  A decisão encontra-se no site do TCE do Estado da Paraíba que relata condenações a outros gestores públicos do estado. 
Para ler direto do Site do TCE CLICK AQUI. Fonte: Ascom/TCE-PB