Pular para o conteúdo principal

Assistência Social inicia novo ciclo de debates do Programa Bolsa Família...

Secretaria Municipal de Assistência Social, através do Programa Bolsa Família, inicia novos Ciclos de Debate nas escolas da rede pública de ensino de Nova Cruz. No próximo dia 19, a comunidade rural de Primeira Lagoa, receberá o ciclo na Escola Municipal Manoel Elias da Costa, a partir das 9h. No mesmo dia, a partir das 14h30, será a vez da Escola Municipal Presidente Castelo Branco, na comunidade Juriti.

Na ocasião, 200 famílias serão beneficiadas com as informações sobre condicionalidades, novos valores do benefício e desligamento voluntário. O ciclo faz parte do Projeto “Política Pública e Transparência: População Novacruzense e Poder Público juntos na condução de um Programa Bolsa Família mais justo e acessível”, que foi implantado pela Prefeitura de Nova Cruz.

O objetivo do projeto é mobilizar a população novacruzense com vistas a uma gestão digna, justa, acessível, transparente, participativa e consciente no que diz respeito aos benefícios e a boa condução do programa Bolsa Família no município.

Fonte e texto: site da PMNC

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Já está disponível a inscrição para professor temporário para o estado do Rio Grande do Norte. 


O candidato que desejar concorrer a uma vaga deve preencher a ficha, fazer o pagamento da inscrição, efetuar o pagamento da taxa de inscrição e  entregar todos os documentos na respectiva DIRED do município para qual optou na Ficha de Inscrição, até às 13 horas, do dia 10 de maio de 2017.

Para ter acesso a inscrição CLICK AQUI.

Política: O que muda para Nova Cruz com o governo Targino Pereira...

Prefeito de Nova Cruz Targino Pereira deverá restituir cofre público municipal em mais de 900 mil...

Atual prefeito da cidade de Nova Cruz é condenado pelo  TCE- PB, que  decidiu na última quarta-feira (12), por maioria, que o então ex-prefeito de Tacima, Targino da Costa Pereira Neto, deve restituir aos cofres municipais importância superior a R$ 900 mil, em razão de irregularidades que, em meio a outras, incluíram gastos públicos com campanha eleitoral e festa da vitória, folha de pessoal de fazenda particular, uso indevido de recursos do Fundeb e pagamentos por obras não executadas.  A decisão encontra-se no site do TCE do Estado da Paraíba que relata condenações a outros gestores públicos do estado. 
Para ler direto do Site do TCE CLICK AQUI. Fonte: Ascom/TCE-PB