Pular para o conteúdo principal

Política: Cabo eleitoral na era das redes sociais...

Os antigos cabos eleitorais que atuavam nos bairros são coisas do passado.
Agora os candidato estão contratando cabos eleitorais nas Redes Sociais.
Em Natal, por exemplo,  empresas especializadas recrutam ativistas nas Redes Sociais para defender os candidatos.
O pagamento é feito através diárias e exige além de divulgar o candidato defende-lo em caso de ataque dos adversários. O valor da diária é R$ 100,00. Um cabo eleitoral digital pode receber até R$ 4 mil por mês, mas a média fica em torno de R$ 2. 500.
Tem quem faça de graça, esperando uma promessa de emprego se o candidato for eleito.. 
O cabo eleitoral digital tem que publicar um número minimo de post’s, dependendo do acerto do candidato.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Já está disponível a inscrição para professor temporário para o estado do Rio Grande do Norte. 


O candidato que desejar concorrer a uma vaga deve preencher a ficha, fazer o pagamento da inscrição, efetuar o pagamento da taxa de inscrição e  entregar todos os documentos na respectiva DIRED do município para qual optou na Ficha de Inscrição, até às 13 horas, do dia 10 de maio de 2017.

Para ter acesso a inscrição CLICK AQUI.

Política: O que muda para Nova Cruz com o governo Targino Pereira...

Prefeito de Nova Cruz Targino Pereira deverá restituir cofre público municipal em mais de 900 mil...

Atual prefeito da cidade de Nova Cruz é condenado pelo  TCE- PB, que  decidiu na última quarta-feira (12), por maioria, que o então ex-prefeito de Tacima, Targino da Costa Pereira Neto, deve restituir aos cofres municipais importância superior a R$ 900 mil, em razão de irregularidades que, em meio a outras, incluíram gastos públicos com campanha eleitoral e festa da vitória, folha de pessoal de fazenda particular, uso indevido de recursos do Fundeb e pagamentos por obras não executadas.  A decisão encontra-se no site do TCE do Estado da Paraíba que relata condenações a outros gestores públicos do estado. 
Para ler direto do Site do TCE CLICK AQUI. Fonte: Ascom/TCE-PB