Postagens

Mostrando postagens de Setembro 25, 2016

Divulgar pesquisa sem registro pode gerar multa de R$ 106 mil...

Imagem
Conforme resolução do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), de dezembro do ano passado, o registro da pesquisa deve ser feito com antecedência mínima de cinco dias de sua divulgação. Os responsáveis por divulgar pesquisa sem o prévio registro das informações obrigatórias ficam sujeitos a multa, que varia de R$ 53.205,00 a R$ 106.410,00. De acordo com o TSE, ao registrar a pesquisa, a entidade ou empresa deve, entre outros dados, informar: nome do contratante da pesquisa e seu número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) ou no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ); valor e origem dos recursos; metodologia e período de realização da pesquisa; plano amostral, área física de realização do trabalho a ser executado, nível de confiança e margem de erro, com a indicação da fonte pública dos dados utilizados. As empresas também devem fornecer informações sobre: o sistema interno de controle e verificação, questionário completo aplicado ou a ser aplicado, quem pagou pela realizaç…

Nova Cruz ficou entre as principais cidades do RN em geração de empregos...

Imagem
do Portal NCO O emprego formal em Nova Cruz apresentou uma elevação no mês de agosto, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta sexta-feira, 23, pelo Ministério do Trabalho. O saldo de 63 empregos no oitavo mês do ano foi oriundo de 93 admissões contra 30 desligamentos. O saldo deixou o município na quinta posição entre as 16 cidades do Rio Grande do Norte com mais de 30 mil habitantes que tiveram os dados divulgados pelo Caged. Em primeiro lugar ficou a cidade de Mossoró, seguida por Apodi, Parnamirim e Canguaretama. Das dezesseis cidades que tiveram os números de agosto divulgados, Natal teve o pior saldo. Na capital o número de demissões foi maior do que o admissões (5.428 contra 6.465), saldo negativo de 1.037.