Educação: Rede estadual deve iniciar ano letivo 2017 em greve...

A resposta do SINTE em relação a alteração da carga horária dos professores pelo governo do estado do RN foi imediata.


Em sua página na internet o SINTE divulgou uma matéria que se reporta a decisão judicial em manter 20 horas/aulas como carga semanal máxima.

Veja parte da matéria:
Ao contrário do que afirma a Secretaria Estadual de Educação, o Ministério Público foi derrotado em todas as suas tentativas de pôr fim ao direito dos(as) professores(as) à hora/atividade baseado na hora/aula.  Inclusive no Supremo Tribunal Federal. A última delas encontra-se suspensa por determinação judicial. Em despacho datado de 09 de novembro de 2016, a juíza Ana Claudia Secundo da Luz Lemos, deixa claro que está em vigor a determinação do desembargador Claudio Santos, favorável à categoria e obriga o Estado a cumprir essa determinação.
Em vídeo a diretora do SINTE Fátima Cardoso, convoca a categoria para greve.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...