Pular para o conteúdo principal

Blindagem: Câmara de Nova Cruz rejeita proposta de convocação de secretário ao Plenário...

Depois de algumas reclamações da população sobre ações da Secretaria Municipal da Saúde de Nova Cruz, os vereadores Mateus Catolé e Jr. Salú propuseram ao plenário da CMNC a convocação do Secretário Geraldo Jr, titular da pasta, para prestar esclarecimentos administrativo sobre os ocorridos.

Porém, na noite desta quinta-feira (9) a Câmara Municipal de Nova Cruz rejeitou a convocação por 6 votos a 5 com uma ausência e uma abstenção.

Votaram pela convocação:

Fernando Bezerra;
Antônio Costa Moreira (Manga Rosa);
Jardeson Barbosa (Jr. Salú);
Patricia Lima;
Mateus Catolé

Votaram pela NÃO convocação:

Carlos Cesar;
Flavio Azevedo;
Gabriela Melo;
Alisson  Alves (de Barão);
Artur Gomes;
Thiago Vicente.

Ausente:

Fátima Costa

Abstenção:

Valdo Salú (Presidente da Casa)

Opinião:

Uma blindagem desnecessária, uma vez que todos que assumem cargos públicos tem obrigação de prestar contas de suas ações e mais lamentável ainda é um presidente de Câmara, maior função deste Legislativo, omisso e que se mostra sem opinião formada para não gerar ou administrar conflitos junto ao executivo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Já está disponível a inscrição para professor temporário para o estado do Rio Grande do Norte. 


O candidato que desejar concorrer a uma vaga deve preencher a ficha, fazer o pagamento da inscrição, efetuar o pagamento da taxa de inscrição e  entregar todos os documentos na respectiva DIRED do município para qual optou na Ficha de Inscrição, até às 13 horas, do dia 10 de maio de 2017.

Para ter acesso a inscrição CLICK AQUI.

Política: O que muda para Nova Cruz com o governo Targino Pereira...

Prefeito de Nova Cruz Targino Pereira deverá restituir cofre público municipal em mais de 900 mil...

Atual prefeito da cidade de Nova Cruz é condenado pelo  TCE- PB, que  decidiu na última quarta-feira (12), por maioria, que o então ex-prefeito de Tacima, Targino da Costa Pereira Neto, deve restituir aos cofres municipais importância superior a R$ 900 mil, em razão de irregularidades que, em meio a outras, incluíram gastos públicos com campanha eleitoral e festa da vitória, folha de pessoal de fazenda particular, uso indevido de recursos do Fundeb e pagamentos por obras não executadas.  A decisão encontra-se no site do TCE do Estado da Paraíba que relata condenações a outros gestores públicos do estado. 
Para ler direto do Site do TCE CLICK AQUI. Fonte: Ascom/TCE-PB