Médica que negou socorro a bebê é demitida e pode responder por homicídio...

O Conselho Regional de Medicina do Rio e a polícia investigam a atitude da médica Haydee Marques da Silva, de 59 anos. 

Ela se negou a prestar socorro ao bebê Breno, de um ano e sete meses, e abandonou o plantão. O menino morreu uma hora e meia depois. 

O delegado responsável pelo caso quer ouvir o motorista da ambulância e a médica. Se for comprovada a recusa no atendimento, ela vai responder por homicídio culposo e também por criminalidade, por ter rasgado o prontuário médico da criança.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Candidatos a professor temporário já podem realizar suas inscrições...

Nova Cruz: Câmara Municipal mostra submissão ao executivo e aprova projeto que "enterra" direitos do professor...