Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 5, 2017

Governo do RN anuncia pagamento do 13º e salários de dezembro...

O Governo do Rio Grande do Norte anunciou nesta quarta-feira (4) que conclui na próxima terça (10) o pagamento do 13º salário do funcionalismo. De acordo com a Secretaria Estadual de Planejamento (Seplan), 26.656 servidores ativos, inativos e pensionistas que ganham acima de R$ 4 mil recebem o complemento do benefício, totalizando uma soma de R$ 75,2 milhões. Os servidores deste grupo já haviam recebido uma parcela de R$ 4 mil no dia 30 de dezembro. Já os salários do mês de dezembro serão pagos na próxima quarta (11), segundo o Governo, para os servidores que recebem até R$ 3 mil. Ainda de acordo com a Secretaria Estadual de Planejamento, os 24.122 servidores ativos da Educação e dos órgãos da administração indireta que possuem receita própria já receberam os salários de dezembro no último dia 28, montante igual a R$ 49,4 milhões. Somando o complemento do 13º salário aos vencimentos pagos referente a dezembro, o Governo está injetando na economia do Estado aproximadamente R$ 210 milhões…

Onde tem crise? Câmara gastou R$ 278 milhões com propaganda de deputados...

A Câmara dos Deputados parece alheia à crise financeira no País, que já deixou mais de 12 milhões de desempregados: entre 2007 e 2016 foram gastos R$ 278,73 milhões com a “divulgação (publicidade) da atividade parlamentar”. Tudo ressarcido por meio da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar, o “cotão”, uma espécie de saco sem fundo que custeia todo tipo de gasto: de panfletos a consultorias. A informação é da coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder. Os valores gastos para fazer propaganda não contemplam o salário mensal de R$ 33,7 mil dos deputados. Esse gasto é outro. Na atual legislatura, Tia Eron (PRB-BA), que foi voto decisivo no Conselho de Ética para cassar Eduardo Cunha, gastou R$ 552 mil. O segundo maior gastão é o deputado Cleber Verde (PRB-MA), com R$ 530 mil. Alberto Fraga (DEM-DF) é o terceiro, com R$ 513 mil. Cada deputado federal (no total, são 513) pode receber até R$ 45 mil por mês para gastos com a verba indenizatória.

Preço da gasolina aumenta mais uma vez...

Os preços dos combustíveis abriram o ano em disparada. Sob a alegação de que houve reajustes nas distribuidoras, os postos pesaram a mão e já estão vendendo o litro da gasolina entre R$ 3,60 e R$ 3,93. Há dois meses, era possível encontrar o derivado do petróleo por R$ 3,23. Quem optar pela gasolina aditivada pagará até R$ 4,11. Além dos aumentos impostos pelas distribuidoras, os donos de postos estão atribuindo a alta de preços ao reajuste do salário mínimo, já que muitos funcionários têm os rendimentos atrelados ao piso salarial, e à elevação do etanol. Os consumidores estão indignados.